sexta-feira, 24 de janeiro de 2014

Apartamento 201.

Esperava os dias, sugeria as noites. Entre garrafas de Coca_Cola e sonhos acalorados. Tocava as noites, esperava na cama, meias vermelha, usava as pernas com maestria e os cabelos lambendo o chão. Todos parecem estranhos por aqui. Essa cidade que insiste em pedir adeus. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário